TIC´s NA PROMOÇÃO DA APRENDIZAGEM

Blog criado para compartilhar minhas buscas, descobertas e percepções durante a participação no curso de Especialização: Tecnologias da Interação e Comunicação na Promoção da Aprendizagem, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

segunda-feira, novembro 06, 2006

Trilhando os caminhos da aprendizagem...


Estamos concluindo a síntese de nosso Projeto de Aprendizagem: Ansiedade X Alimentação. E uma questão veio à tona:
Como saber se esta síntese responde a pergunta a que nos propomos pesquisar?
Para responder isso me propus a fazer uma retrospectiva do trabalho (mais uma vez ;-)) para tentar responder esta questão e poder prosseguir na conclusão do trabalho.
O desenrolar do processo foi muito interessante, penso que já citei isso na avaliação do PROA 10 (postagem abaixo), mas acredito que vale a pena dar maior ênfase. Durante toda a pesquisa percebemos a necessidade de irmos em busca do "algo mais". A todo momento sentíamos a necessidade de pesquisar sobre um novo assunto que nos direcionava a outro e mais outro, formando uma verdadeira teia (teia da aprendizagem?). Ao darmos essas voltas percebemos a necessidade de nos centrar ao nosso foco para assim não nos perdermos em nossas pesquisas. Poderíamos optar por divagarmos, no entanto, correríamos o risco de não conseguirmos entrar novamente nos trilhos. Na internet é muito fácil acontecer isso... Isso deve acontecer com muita gente (todos? rs). É mais ou menos assim, quando não temos o que fazer e entramos na Web só pra passar o tempo, damos voltas e voltas, correndo o sério risco de sairmos frustrados por não conseguirmos chegar a lugar nenhum...
Por isso acredito em objetivos e em centrar esforços em cima deles.

Com o PA tentamos nos manter na linha, mas será que mesmo assim não saímos dos trilhos?
Pensando em nossos alunos... Como auxiliá-los a se manterem na linha...nos trilhos...na rota... no caminho da aprendizagem????


6 comentários:

Suely disse...

ops... curiosas observações e questões... Com o PA tentamos nos manter na linha (que linha? rsrs... nào é rede?). Será que temos de nos manter nos trilhos? que trilhos? Como auxiliar os alunos a se manterem no caminho da aprendizagem? Pergunta muuuiito interessante... será que eles não estão neste caminho, e nós é que tiramos eles na escola?... Vamos pensar... como pensas que podemos desenvolver os PAs nas escolas, pensando nestas questões...? Bjs. Suely

Egle Marques disse...

Rssss... Ah Suely...qdo a gente pensa q achou o trilho...lá vem ela e tira a gente!!!! rssss. Mas q trilhos neh prof! Penso que o Pa sugere um caminho, é isto que a Jo quis dizer. Centrarmos nas questões levantadas no primeiro momento, para que a Prof não fique pedindo pra gente retirar este ou akele link q naun tem nada a ver. Entaun tem um trilho Prif Su. Qdo desenvolvemos um PA temos questões a serem respondidas. No caso das Asas das Borboletas, ainda não!...rsss. Bjins meninas e bom feriado!

Joseane Piechnicki disse...

Só hoje pude passar por aqui. Amanhã, feriado... Pretendo aliviar o stress do trabalho me dedicando ao PA (rs). Quanto aos trilhos... Pense comigo professora... Temos as nossas dúvidas temporárias e certezas provisórias, não temos? Se não nos centrarmos a elas não corremos o risco de devagarmos? De fazermos viagens desnessárias e improdutivas? Acredito na rede... Mas acredito em limites também. Ou será que estou equivocada?!? Podemos nos deixar nos levar pelas ondas da Web, por exemplo?!?!
bjs, bom feriado... (eu vou conjugar o verbo proa...;-))

Suely disse...

Oi... humm... meninas, então há um caminho a seguir pela rede que está articulado com a nossa dúvida principal... ele fica mais detalhado quando olhamos para as nossas certezas e dúvidas temporárias... bacana! Já pensaram na diferença entre ter um tema e ter um problema? Se temos o tema conseguimos encontrar facilmente um caminho na rede? Ou, tudo serve? Será que não temos aí tbém um motivo para pensarmos em PAs? O que acham? E os limites da rede estão nos caminhos que trilhamos, afinal, nunca conseguiremos trilhar todos os caminhos... rsrs... fazemos algumas escolhas.. Bjs. Suely

Joseane Piechnicki disse...

Podemos tomar por base o nosso próprio PA... O tema dele é Ansiedade X Alimentação e o problema: "Por que as pessoas quando estão ansiosas se alimentam compulsivamente?", o tema é muito abrangente para irmos em busca de respostas, assim, o problema é fundamental pois ele facilita a busca das respostas para nossas dúvidas e também, na confirmação ou não de nossas certezas. Vixi... Se não fosse o problema... Não sei para onde iria o PA... :-S

Luciane S. Sato disse...

OI, meninas,
Que discussão legal está rolando aqui! :-))
Nessa história de trilhos (ou trilhas?), limites e redes, me lembrei de um software chamado Brain. Nele vc pode construir redes (como mapas conceituais). Cada conceito é uma "bolinha". Quando vc clica nessa bolinha, ela vem para frente, em primeiro plano e as demais "bolinhas conceitos" ficam para trás. É uma boa imagem para ajudar a entender essas idéias que estamos refletindo, não?
beijos, Lu