TIC´s NA PROMOÇÃO DA APRENDIZAGEM

Blog criado para compartilhar minhas buscas, descobertas e percepções durante a participação no curso de Especialização: Tecnologias da Interação e Comunicação na Promoção da Aprendizagem, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

quinta-feira, setembro 14, 2006

Refletindo...

Reflexão 01:

Estes dias, ao participar do Fórum do PROA 03 e discutir com colegas do meu trabalho fiquei pensando em como a comunicação escrita e visual são importantes na Educação a Distância. Através delas o autor apresenta sua maneira de pensar, de se expressar, de interagir e, através das imagens, das cores, do layout que escolhe para os ambientes é possível, de certa forma, estabelecer o perfil do autor. Além disso, a comunicação escrita mais do que a oral, exige maior dedicação. O leitor não poderá visualizar a expressão facial do esritor, de contentamento ou descontentamento, assim é importante ser detalhista, escrever com cautela e fazer uso de uma linguagem agradável, objetiva e clara, no entanto, o autor não deve se preocupar se em algum momento uma palavra mal colocada gere dupla ou tripla interpretação por mais que se seja cauteloso é possível que isso aconteça pois, a comunicação escrita apesar de muito rica é, de certa forma, limitada...

Reflexão 02:

Foi-nos solicitado a leitura do texto: Diferenças e similaridade entre Projetos de Aprendizagem e Projetos de Pesquisa e a apresentação de nossas considerações em nossa página no Wiki. Dentre as diferenças o que mais me chamou a atenção foram os papéis que o aluno e o professor exercem em ambos. Nos Projetos de Aprendizagem o aluno é o agente, é ele quem escolhe o assunto que pesquisará e, no Projeto de Pesquisa o aluno é o sujeito e somente eventualmente pode auxiliar o professor na pesquisa. Já em relação ao papel do professor, nos Projetos de Aprendizagem eles atuam como orientadores instigando o aluno a ir em busca de novas descobertas e nos Projetos de Pesquisa o professor deverá estar atento, curioso, indo em busca das respostas e esclarecimentos de seus questionamentos.

Fonte: http://metodologia.pbwiki.com/f/PPePA.pdf

2 comentários:

Luciane S. Sato disse...

OI, Jose,
O texto fala exatamente isso que vc traz aqui. Mas, tentando contribuir para essa sua reflexão, será que não podemos pensar no pesquisador-professor como também um aprendiz que está em busca da resolução de suas dúvidas temporárias a partir de suas certezas provisórias? ;-)
Será que não podemos pensar que os seus alunos-aprendizes são seus sujeitos nessa pesquisa, mas, pensando de outra forma, fazem parte do seu OBJETO de PESQUISA, já que esse pesquisador busca solucionar questões acerca do processo de aprendizagem dos mesmos?
Só "minhoquinhas" a mais na sua cabeça! ;-)
beijos, Lu

Suely disse...

Oi Josiane... será que em um Projeto de Pesquisa o aluno somente eventualmente pode auxiliar o professor na pesquisa? Mas, se ele é sujeito, o que significa isto no processo de aprendizagem e pesquisa? Só para pensar... Bjs. Suely